Sábado, 21 de Maio de 2005

...

então não é que ele,

o distraído, o que sai de casa com uma meia de cada cor, o que veste as calças do irmão três números abaixo e chega à escola com as bainhas acima do tornozelo e a braguilha aberta, o que faz anos e, após lhe cantarem os parabéns (muitos
anos de vidaaaaaaaa), já as palmas quase acabaram, esquece-se de apagar as velas (então, Diogo???? Apaga as velas!!! Ah...sim...já nem me lembrava...), sim, esse mesmo, chega ao pé de mim de manhã e diz:

- Mãe, já viste como tou vestido, todo a combinar? Os calções dão com a t-shirt e com a camisola de cima!

- Já vi, estás muito bem, todo em tons de beije.

- E também lavei os dentes, olha, vê, estão branquinhos. E pus perfume!

- Hummmm, cheiras muito bem!

- E penteei-me!

- Mas a que se deve tanta produção? Cá p´ra mim, anda namorada na costa...

- Por acaso, é verdade, anda mesmo. Achas que estou bonito?

- Estás lindo.


(ah!...é por causa destes pormenores pequeninos, que acontecem de fugida num nanosegundo, que ainda dou por mim a acreditar naquela coisa da maravilhosa inocência das crianças, etecetera e tal. Às vezes, parece que é mesmo verdade.)

publicado por Vieira do Mar às 01:55
link do post | comentar | favorito
vieiradomar@sapo.pt
Sofia Vieira

Divulga também a tua página

. Setembro 2013

. Novembro 2011

. Setembro 2010

. Junho 2010

. Janeiro 2010

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Agosto 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Outubro 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

. Março 2008

. Janeiro 2008

. Dezembro 2007

. Novembro 2007

. Agosto 2007

. Junho 2007

. Maio 2007

. Abril 2007

. Março 2007

. Janeiro 2007

. Outubro 2006

. Agosto 2006

. Julho 2006

. Junho 2006

. Abril 2006

. Março 2006

. Fevereiro 2006

. Janeiro 2006

. Dezembro 2005

. Novembro 2005

. Outubro 2005

. Setembro 2005

. Agosto 2005

. Julho 2005

. Junho 2005

. Maio 2005

. Abril 2005

. Março 2005

. Fevereiro 2005

. Janeiro 2005