38 comentários:
De Raquel a 1 de Outubro de 2008 às 12:06
UI!!!
Ainda bem que falta muito para os meus chegarem aos 14...
De Vieira do Mar a 1 de Outubro de 2008 às 12:47
É num instante, Raquel...;)
De Márcia Carvalho a 1 de Outubro de 2008 às 12:25
Se tivesse dado de mamar...
De Vieira do Mar a 1 de Outubro de 2008 às 12:52
AHAHAHA!

Vejo que anda atenta àquilo que eu ando a escrever por aí... comentários e tudo! Haja tempo e paciência, não é Márcia? Infelizmente, não me leu com atenção, se não teria percebido que, à minha primeira filha, dei de mamar durante bastante tempo, basicamente porque tinha muito leite e me apeteceu. Mas não vamos trazer essa discussão para aqui, não acha? até porque eu sei que está a brincar, não é?
De me a 1 de Outubro de 2008 às 12:27
Fizeste bem em mudar para o sapo! :S

Bjocas
De Vieira do Mar a 1 de Outubro de 2008 às 12:53
Também acho, está muito giro, o blogue. Apetece escrever aqui (só é pena a falta de tempo...)
De Cool Mum a 1 de Outubro de 2008 às 12:30
Ai. Ui. Já estou com frenicoques.
De Vieira do Mar a 1 de Outubro de 2008 às 12:54
É isso mesmo: "ai. ui."

Fernicoques.

:):):)
De Vieira do Mar a 1 de Outubro de 2008 às 12:54
"Frenicoques"???

(não sei como se escreve... risos)
De Márcia Carvalho a 1 de Outubro de 2008 às 13:03
Ui! Tempo e paciência nunca temos o suficiente caso contrário eu teria percebido essa questão de quem mama e quem não mama! A minha intenção era apenas brincar com a situação é lembrei-me do outro texto. Os meus filhos mamaram pouquíssimo e nunca perdi o sono com isso seria a última pessoa a apontar qualquer coisa nessa linha. Está provado que eu não tenho tanto jeito para escrita como a Vieira, é o qeu é!. Não queria causar nenhuma discussão... pura ironia falhada!! Meto a viola no saco e saio de fininho. (ufa, primeiro comentário num blog que leio há tanto tempo e meti logo argolada, grande porra!!)
De Vieira do Mar a 1 de Outubro de 2008 às 16:18
Não sai nada de fininho, Márcia, fique!, ora essa (risos). Toda a gente que "vier por bem", como diz o outro, é sempre bem-vinda... às vezes a ironia e a brincadeira não se percebem logo. Podia ser uma pessoa normal a brincar (como pelos vistos foi) ou uma maluca fundamentalista a espichar veneno. E a nossa resposta tem de dar para os dois lados... Por isso não se acanhe, leia à vontade, fique e desculpe-me alguma acrimónia, mas muitos anos de blogoesfera e de criaturas malucas a morderem canelas às vezes deixa-nos na retranca. ;)
De Rachel a 1 de Outubro de 2008 às 13:27
Vieira,
Entre tomar banho duas vezes por dia, mas não parecer e o chulé...
Acho que me ficava mais alegremente pela primeira opção!

(suspiro)

Troco consigo, um rapaz beto-freak, mas chulézento, por uma teenager artista, quer?
Mando-lho JÁ! (eheheheh)

PS - Bolas, as "mamas" vieram até AQUI!
Livra!
De Vieira do Mar a 1 de Outubro de 2008 às 16:20
Rachel, não obrigada, porque dois rapazes cheios de chulé cá em casa já eu tenho... Aliás, vai dar post, assim eu tenha tempo. Posso adiantar-lhe que o chulé é um grande problema da minha vida, causador de enormes questiúnculas familiares e que eu encaro quase como uma ofensa pessoal... enfim, voltarei ao tema. :)
De AmarPerdidamente a 1 de Outubro de 2008 às 14:05
Ai!!!! Até parece que já me estou a ver daqui a mais uns anos. Para já aqui em casa até já aceitamos roupas com caveirinhas, mas confesso que os piercings ainda estão longe de terem passe de entrada. De qualquer forma a minha parece estar muito mais desperta para o romance e como tal entramos numa fase mais cor-de-rosa. No entanto já avisou que este fim de semana vai cortar as mangas a uma t-shirt porque fica "bué da giro, mãe".
Para o que uma mãe está destinada.
Pegando no assunto da amamentação, consigo entender quem não queira amamentar, mas tambem consigo (devido a questões muito, muito pessoais) entender as defensoras da mama, e reportando-me ao teu post, os meus filhos sempre foram iniciados com o S26, o ultimo na versão Gold.
De Vieira do Mar a 1 de Outubro de 2008 às 16:24
Eu entendo todas: as que amamentam, e as que não podem ou não querem. Não sou, no entanto, defensora de nada, acho mesmo que cada um sabe de si e do seu bebé (neste aspecto particular, claro). E o S26 sempre foi sem dúvida o melhor leite artificial do mercado.

Quanto à fase "cor-de-rosa", que sorte! A minha, infelizmente, nunca gostou de rosa e ainda hoje não suporta coisas com flores porque diz que a "obrigava" a vestir vestidos quando era pequena e ela detestava... Mas felizmente já abandonou a fase semi-gótica, credo.
De Daniela a 1 de Outubro de 2008 às 14:38
Olhe Sofia, eu tenho 24 anos hoje em dia (só mais dez!) e andei na António Arroio no mesmo curso. Na altura o que imperava eram as calças largas a cairem pelo rabo abaixo, mochila eastpack, cabelo multicolor, piercings em todo o lado (mantenho o da lingua ;)) ténis larguissimos e outros enfeites que tais. São fases! Hoje em dia quem me tira os saltos altos, as camisas, as malas e etc tira-me tudo! E devo confessar que acho o estilo descrito muito mais giro do que o que eu usava (em duas palavras ME-DO)
De Vieira do Mar a 1 de Outubro de 2008 às 16:25
Cabelo multicolor?! Piercing na Língua?! Tu não meassustes, Daniela... Jura-me que isso já passou de moda entre os estudantes de arte, por favor...
De AmarPerdidamente a 1 de Outubro de 2008 às 17:34
... a famosa António Arroio, continua a ser a escola das Artes por excelencia ou já há mais alguma a fazer-lhe concorrencia? No meu tempo topava-se ao longe os alunos desta instituição...
De Vieira do Mar a 2 de Outubro de 2008 às 17:46
Ai, a António Arroio não! Aliás, até para ela é demais: disse-me logo que não queria ir para lá, que aquela gente era m uito esquisita... bendito preconceito juvenil! ;)
De Flores a 2 de Outubro de 2008 às 11:53
Os gajos, mesmo os artistas, não passam por aí, pois não? Quero crer q ñ. Isso ou tenho 10 anos para me mentalizar.
De Vieira do Mar a 2 de Outubro de 2008 às 17:47
AHAHAHAHA!

(daqui a dez anos falamos)
De paula a 2 de Outubro de 2008 às 14:00
livra que isso é mesmo outra loiça, caramba.
(isso, os teen por oposição aos babies...)

*suspiro*
De Vieira do Mar a 2 de Outubro de 2008 às 17:48
... E estar sempre a pular de uma teen, para um semi teen e depois para uma criança? Graças a deus já passei a fase dos babies...

Comentar post