Segunda-feira, 19 de Setembro de 2005

estratificação social

O de nove anos chega a casa com uma espécie de cordão de lã entrançado, amarrado ao pescoço, e uma argola fingida na orelha. Eu tremo, à ideia de poder estar a criar um futuro castelo branco, mas aguento-me à bronca, controlo o pânico e aguardo, pacientemente, pela explicação.


- Mãe, a partir de hoje sou dread.

- Ah sim? E o que é isso de ser dread?

- É não ser betinho.

- E o que é que é ser betinho?

- É não ser dread.

- Olha filho, tens de te esforçar mais um bocadinho para me explicares essa coisa na orelha, que assim não vamos lá. É que esses adereços parecem-me assim um bocadinho...bem, de menina.

- Mãe, meninas são os betinhos, os dreads são muito homens.


(pausa. inspira. expira)


- Então, usar brinquinho e colar é de homem, é isso?

- É.

- Pronto, está bem. Mas os betinhos e os dreads são diferentes uns dos outros, porquê?

- Então, os dreads falam de miúdas e de desportos radicais.

- Ah. Ok. E os betos?

- Os betos...bem, também falam de miúdas...


(pausa número dois)


- ... mas falam mesmo, mesmo é de roupas de marca.
publicado por Vieira do Mar às 21:39
link do post | comentar | favorito
vieiradomar@sapo.pt
Sofia Vieira

Divulga também a tua página

. Setembro 2013

. Novembro 2011

. Setembro 2010

. Junho 2010

. Janeiro 2010

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Agosto 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Outubro 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

. Março 2008

. Janeiro 2008

. Dezembro 2007

. Novembro 2007

. Agosto 2007

. Junho 2007

. Maio 2007

. Abril 2007

. Março 2007

. Janeiro 2007

. Outubro 2006

. Agosto 2006

. Julho 2006

. Junho 2006

. Abril 2006

. Março 2006

. Fevereiro 2006

. Janeiro 2006

. Dezembro 2005

. Novembro 2005

. Outubro 2005

. Setembro 2005

. Agosto 2005

. Julho 2005

. Junho 2005

. Maio 2005

. Abril 2005

. Março 2005

. Fevereiro 2005

. Janeiro 2005